Cosmos (1980) & Cosmos: A SpaceTime Odyssey (2014)

Finalmente acabei de ver estas duas séries documentais, pena que não hajam mais produções deste calibre, mas infelizmente vivemos numa sociedade que dá mais importância a programas do tipo Big Brother e telenovelas.

Começando por Cosmos (1980), penso já ter visto esta série quando era mais puto, mas pouco ou nada me recordava dela. O Carl Sagan é simplesmente fantástico e é uma pena que este senhor já não esteja entre nós. As pessoas nos anos oitenta devem ter ficado boquiabertas a olhar para esta série. [9/10] Se eu tivesse mais 10 ou 15 anos e a tivesse visto quando foi lançada, o mais certo era ter dado um 10.

Quanto a esta nova série, Cosmos: A SpaceTime Odyssey (2014), é muito boa mas já não me impressionou tanto, talvez porque hoje grande parte da informação está à distância de um clique do rato e grande parte dos temas abordados já eram do meu conhecimento. Notei que tentaram evitar temas como a evolução e o aquecimento global, mas sendo uma série americana tal facto não me surpreende. Para finalizar, o Neil deGrasse Tyson faz um bom trabalho, mas não é tão carismático como o Carl Sagan. [8/10] Se não tivesse visto recentemente a série original talvez tivesse dado um 9.

O outro lado do meu coiso Os filmes que vi por aí... 100 Pudores My Star Wars Collection
trakt.tv
trakt.tv Facebook Twitter Google+